Cientistas suíços reproduzir um gene que mostra a resistência ao vírus da Aids

Pesquisadores da Universidade de Genebra (Suíça) reproduziram a estrutura de um localizado em um macaco da América do Sul e considerado resistente ao gene vírus da Aids, conforme publicado pelo "Journal of Clinical Investigation" Os cientistas acreditam que esta descoberta pode levar a novas terapias para lidar com a doença

Encontrado em 2004, sobre a coruja por um grupo de cientistas americanos da Universidade de Columbia, macaco, este gene pode produzir uma proteína que mostrou resistência ao vírus da Aids pesquisadores suíços conseguiram recriá-lo artificialmente, depois de descobrir que era para a fusão dois genes humanos

Eles conseguiram dar vida a este novo gene de fusão em células sanguíneas humanas e transplantadas para um camundongo transgênico com as mesmas características imunológicas como um gene humano obtida mostrou "a mesma potência inibidora" anti-virus "como o presente gene originais no macaco coruja ", diz Universidade de Genebra

"Pode ser usado como uma alternativa aos medicamentos anti-SIDA que algumas pessoas não suportam", ela diz o professor Jeremy Luban, diretor da equipe de pesquisa "poderia ser usado como um gene terapêutico contra o HIV e ser transplantado em pessoas infectadas com o vírus ", o cientista explica o professor Luban, que liderou a equipe norte-americana que descobriu o gene em 2004, também pretende investigar como este" bloqueio do vírus da AIDS "

2

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha