Nascimento de uma nova abutre de frango em cativeiro em Aragon

O Centro de Criação em isolamento humano (CRIAH) La Alfranca (Pastriz, Zaragoza) congratulou-se com o nascimento de uma galinha barbudo a ser criados em cativeiro, isolado da presença humana, e, posteriormente, submetido a um processo de "hacking" em Pirinéus Aragoneses, antes de seu lançamento, no âmbito do projecto-piloto para reintroduzir espécies no Picos de Europa, informou o Governo de Aragón

Ovo Vulture (Gypaetus barbatus) foi resgatado de um recorde ninho de falha ao jogar por medo de que não foi bem sucedida, era ovo inviável foi transportado em uma incubadora portátil CRIAH fazenda La Alfranca, onde foi conheceu e assistida tecnicamente

Após 54 dias de incubação no CRIAH, domingo, 25 de março, o ovo chocado e um pintinho nasceu 138 gramas acordo com os veterinários e técnicos, o estado do recém-nascido é bom e responderam bem ao primeiros socorros após uma incubação natural ( sem ajuda)

O frango vai ser submetido a um processo de "hacking" nos Pirenéus Aragoneses e devem posteriormente ser lançado no Parque Nacional Picos de Europa, no âmbito da colaboração de Aragão com o programa experimental para reintroduzir as espécies neste reserva natural promovida pelas administrações regionais competentes na sua gestão, Asturias, Cantabria Governo de Castilla e Leon, e com o apoio dos Parques Nacionais Autónomas

O "hacking" consiste em incorporar o ambiente natural das aves criadas em cativeiro, através de uma técnica baseada na naturalização do cativeiro e reduzindo o gerenciamento antropogênico

1

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha